Google

Defina suas Metas

Como Definir Metas Diárias

Talvez você tenha grandes planos para a sua vida, mas não tem ideia de como concretizá-los. Mesmo que colocar seus objetivos no papel seja importante, é fundamental encontrar maneiras de concretizá-los (planejamento de desenvolvimento pessoal). Talvez descubra que com desenvolvimento pessoal e realização de objetivos haja uma melhora no seu bem-estar e felicidade.

Depois de botar seus objetivos no papel, crie pontos de referência para alcançar metas diárias.

Escrevendo seus objetivos

Faça uma lista de todos os seus objetivos. Inclua todas as suas metas, sejam elas semanais, mensais, anuais e até para a vida. Isso permitirá que você as categorize de acordo com o grau de importância. Reserve um momento para pensar quanto tempo será necessário para que cada meta seja alcançada, e se ela pode ser concretizada.

Sempre tente ser o mais específico possível quando estiver pensando e tendo ideias sobre suas metas. Dessa maneira, será possível entender claramente os passos necessários para alcançar qualquer plano de curto ou longo prazo.
Divida suas metas em passos diários. Depois de descobrir quais são seus sonhos e ideais futuros, escolha algumas metas específicas para ajudá-lo a alcançá-los. Caso seu objetivo seja grande e a longo prazo, divida-o em passos e metas menores. Rserve um tempo suficiente para completar projetos grandes. Dessa forma, você poderá trabalhar neles todos os dias.
Dividir um objetivo em passos ou metas diárias pode diminuir seu estresse, deixando-o mais feliz a longo prazo.
Crie pontos de referência e prazos. Não fique focado demais em definir metas menores ou diárias para não perder a noção do plano geral. Definir metas e alcançá-las proporcionará a sensação de dever cumprido, melhorará sua motivação e o deixará ciente do que está funcionando ou não.

Experimente usar um calendário como recurso visual para se manter empenhado em suas metas e nos prazos definidos por você mesmo. Também é extremamente prazeroso riscar um objetivo concluído da lista.
Experimente o modelo para definição de objetivos S.M.A.R.T. Olhe para cada um dos seus objetivos e defina o quão específico (Specific), passível de medidas (Measurable), atingível (Attainable), relevante ou realista (Relevant/Realistic) e atrelado ao tempo, com prazos (Time bound) ele é.

Por exemplo, para criar um objetivo vago como “Eu quero ser uma pessoa mais saudável”, e deixá-lo mais específico usando o S.M.A.R.T:

Específico: “Eu quero melhorar minha saúde perdendo peso”.
Passível de medição:”Eu quero melhorar minha saúde perdendo 10 kg”.
Atingível: mesmo que não seja possível perder 50 kg, perder 20 kg é algo alcançável.
Relevante/realista: você pode lembrar a si mesmo que 10 kg a menos proporcionará mais energia e o deixará mais feliz. Lembre-se de que você não está fazendo isso para agradar ninguém.
Atrelado ao tempo: “Eu quero melhorar minha saúde perdendo 10 kg no próximo ano, com uma média de 800 g por mês”
Criando objetivos alcançáveis

Defina um prazo realista. Para objetivos a curto prazo, pergunte-se quanto tempo o projeto demoraria para ser concluído e defina um prazo. Se for algo a longo prazo, considere quanto tempo será necessário para concluir cada passo, definindo um prazo para cada um deles. Uma boa ideia é adicionar um tempo extra (alguns dias ou semanas), caso coisas inesperadas aconteçam. Independentemente do tipo de meta, tenha certeza de que ela é alcançável.

Por exemplo, caso você trabalhe em período integral, seja voluntário durante dez dias e ainda treine cinco vezes na semana na academia, incluir mais 20 horas em prol de um novo objetivo pode não ser algo realista. Isso só dificultará seu comprometimento e a conclusão da meta.

Defina uma rotina diária. Caso seu estilo de vida e objetivos permitam, crie uma rotina diária. Mesmo que uma rotina possa soar inflexível e tediosa, ela pode reduzir seu estresse, deixando-o sempre nos trilhos. Elas são fundamentais para objetivos a longo prazo, pois o deixam firme no caminho para alcançá-los. Além disso, a rotina ainda ajuda no desenvolvimento de bons hábitos e propiciam uma estrutura firme.
Não é necessário reservar todas as horas do dia, é possível apenas definir metas para aquele dia. Por exemplo, você pode planejar trabalhar por três horas, exercitar-se por uma e fazer as tarefas de casa pelas duas horas seguintes.

Acompanhe seu progresso. Todos os dias, considere onde você está em relação aos seus objetivos. Caso o objetivo esteja muito longe (talvez por ele ser uma meta de vida, como tornar-se mais flexível), é uma boa ideia definir pontos de referência. Esses pontos permitirão que você acompanhe o seu progresso gradual, o que pode motivá-lo a continuar. Fazer esse acompanhamento também permitirá que você olhe para trás e veja o quanto já conquistou.

Use esse tempo para medir suas ações e conquistas em relação à sua lista de metas e calendário. Você pode precisar reajustar os horários se descobrir que está indo mais rápido/devagar que o esperado.

Dê um passo de cada vez. Você pode estar ansioso para começar um grande projeto. Mesmo que isso seja ótimo, considere o quanto você consegue dar conta. Se objetivos pouco realistas forem definidos ou o trabalho for muito árduo, sua motivação e interesse pelo projeto podem ser prejudicados. Tente dar um passo de cada vez e lembrar-se do caminho em busca de seus objetivos.

Por exemplo, caso esteja interessado em melhorar sua saúde mudando sua dieta, rotina de exercícios, horário de dormir e hábitos de uso de televisão, você pode acabar se sentindo sobrecarregado. Em vez disso, foque em um (ou apenas alguns) problema por vez, definindo pequenos objetivos para cada um deles. Isso pode torná-lo mais produtivo a longo prazo.

Muito obrigada! :)
Simone El Hage 

Comentários

Gostou? Então deixe o seu Comentário abaixo :-)

2 Comentários

    Inscreva-se aquí para receber novidades!

    Assista de manhã e à noite
    Reprogramação Mental - Prosperidade
    Uma pequena Reprogramação Mental para Grande Prosperidade